Super Tu.

Superman depois de ter salvado o mundo mais uma vez, olha para as casas e prédios, avista o sol e se sente pleno, aliviado de ter feito o que devia. Talvez grato por ser quem é, apesar das milhares de questões que o atormentam dia-a-dia, porque até um super homem tem dúvidas existenciais.

Nossa, eu não era muito louca pelo Superman, mas exatamente um ano atrás tudo mudou, vi um documentário sobre cinema e lá estava ele, o homem com poderes incriveis. Resolvi dar uma chance e comecei a ver desenhos, ler os quadrinhos, acompanhar o Kent.

Caramba, o Kent é uma risada na nossa humana cara, ele é medroso e às vezes põe quase tudo a perder por amar demais. Tão dedicado a familia que às vezes deixa os próprios desejos de lado e envergonhadamente se pune por isso.

Superman foi criado em um rancho, por pais "humildes", foi enviado a Terra talvez com alguma missão (ou não), às vezes pensa na perda dos pais verdadeiros e sofre, normal, todo grande homem vem de uma história de perdas, seja lá quais forem.

Quantas crianças já quiseram ser o Superman?! Muitas! É complicado viver, esses são tempos dificeis e apesar de estarem mudando meu amigo (como canta o Dylan), precisamos acreditar em muitas coisas para segurar o tranco. Eu por exemplo já quis ser o Superman, na verdade, quero sempre.

Essa historinha de um garoto enviado à Terra para cumprir uma missão, não é nova.
Jesus, também veio e tentou fazer alguma coisa por aqui, deixou ensinamentos e tudo  mais e mesmo assim mataram o coitado. As pessoas às vezes são burras, por isso Superman tem que mentir, tem que se esconder embaixo de uma capa e de uma cueca. Ele precisa mentir para ser livre e continuar a peleja de ajudar o mundo.

Ninguém é livre, nem o Superman. Então esse meu herói começa a se pintar mais humano, apesar de ser tão E.T (talvez eu goste de querer ser E.T).

Hoje vou ficar assim, olhando para o horizonte, descansando, mas só um pouquinho, porque assim como o Superman devo saber que sempre há trabalho a ser feito.
Até o próximo post folks!

logo virão as primeiras entrevistas, lecal néah?! :*

2 comentários:

Luiz Armando disse...

Algumas curiosidades: Os criadores do Superman, Jerry Siegel e Joe Shuster, são judeus, então eles criaram o personágem como um imigrante que vem de um lar destruido e vence na vida numa terra nova. Ele também tem referência com religião, pois assim como moisés que foi jogado em um rio dentro de uma cesta e encontrado por outros pais, o superman veio em sua nave e foi encontrado pela familia que o criou.
De cabeça é só isso que eu lembro, mas deve ter bastante coisa ainda que eu to deixando pra traz.

nique. disse...

Isso mesmo, a maioria dos atores de hollywood também eram judeus e mudaram seus nomes. Valeu Luiz pela contribuição, estais certissimo, na verdade o documentário que vi era bem sobre isso, não tem como não amar o Superman,não é?! :D

Postar um comentário