"Queria que me desafiassem mais, numa sacanagem legal sabe?!"

Como prometido, vão começar as entrevistas com pessoas comuns (que nem são tão comuns assim).
Se quiser que eu entreviste um amigo é só entrar em contato comigo ok?! Meus links estão aqui no blog.

Leandro Oliveira, 22          
Twitter: @leandrole
Orkut: Leandro Oliveira

Nique: Tem alguma coisa pela qual tu és loucamente atraído, mas não gostaria de ser?

Leandro: Terapeuta Ocupacional, acho a profissão linda, mas acredito que não tenha aptidão para isso

N: Ias conseguir ouvir as piadinhas sobre brincar com a bola do Kiko ou sobre virar amante da Luciana(personagem last week)?

L: Hahaha, com certeza. Todas as profissões deveriam ser sacaneadas. Manter o bom humor é fundamental. E, tipo, existem profissões mais sacaneadas que jornalista e ator? ¬¬'

N: Todo mundo acaba sacaneando um ao outro. Ultimamente qual a sacanagem mais bonita que gostaria que te fizessem?

L: Err... profissionalmente falando?

N: fica a teu critério

L: Rá! Ahn... gostaria que me desafiassem mais como ator, numa sacanagem legal, saca?

N: Achas que o Rodrigo Faro é quem é por falta de um desafio e de uma boa sacanagem? (hoho)

L: Não é nenhum transgressor, mas se vestir de Lady Gaga e virar um dos assuntos mais comentados do mundo no twitter é um desafio tremendo e uma 'puta falta de sacanagem'

N: Achas que o twitter periga de se orkutizar? O que mais te irrita por lá?

L: Olha, quando tu vês que os assuntos mais comentados entre os brasileiros no twitter são Restart, Cine, Hori e companhia, tenho lá minhas dúvidas sobre esse termo 'orkutizar'. O twitter tem tudo pra ser uma rede social tão bombante quanto o orkut. E não me irrito com pouca coisa, logo não há nada que me irrite muito por lá. E quando fico levemente irritado, com idiotices, dou unfollow. É tão simples...

N: E andas afim de acompanhar a copa, tens planos patriotas pra isso ou tens planos que envolvem mais cores além do verde e amarelo? Gostas de futebol?

L: Ah, sempre é motivo pra reunir os amigos, se divertir e beber, né? Sem patriotismo barato, ando levemente empolgado. E gosto bastante de futebol, na adolescência meu pai fez assinatura da revista Placar pra mim, então, meio que de bubuia, eu fui curtindo futebol e saco até bastante.

N: E com quem ficaram os posteres da revista?

L: Alguns ainda estão guardados na minha casa em Castanhal, mas acho que só os do Santos, Vasco e Remo (meus times). Meu pai deve ter guardado os do Flamengo. O resto, o Tobias (meu finado cachorro) tratou de rasgar.

N: Tem alguma coisa que vives dizendo "dessa água não beberei mais" e acaba sempre bebendo? (hihi)

L: Sempre. Vivo espraguejando a Unama, mas sempre sou obrigado a voltar lá.

N: Pra encerrar, se eu te desse agora um lança-chamas, irias por fogo no quê?

L: Rá! Na campanha da Marina Silva, que se tornou a grande decepção da minha vida nos últimos tempos. Acredite. E em outras coisas impublicáveis.


Até o próximo post folks!

3 comentários:

Thiago Figueira disse...

Sempre acreditei em desafios! Acredito que são os desafios e os interesses(nobres ou escusos)que fazem a humanidade avançar! Afinal, se ninguém sentisse preguiça de levantar-se p/ mudar a Tv no momento das campanhas político-partidárias(uma vez que assisti-las é um desafio esculmunal)não se teria inventado o controle remoto! tá vendo, as propagandas políticas e a preguiça servem pra alguma coisa!

ideias vestíveis disse...

Olá Nique :)
Seja muito bem vinda ao Ideias Vestíveis.
Já estamos seguindo você para acompanharmos suas novidades. ^^

:*

@ideiasvestiveis

nique. disse...

Com toda certeza Thiago, precisamos sempre nos sentir desafiados, tu falares sobre o controle remoto me faz pensar nele como objeto de "poder", talvez por isso as pessoas troquem tanto de canal em pouco tempo (em busca de algo interessante), mas a procura só é boa se você tem tv a cabo AHAHAHHA.


Ideias vestiveis obrigada por me seguir, novidades... hum, espero que não falte isso por aqui.

Postar um comentário