Nus.



Parece que se vai morrer, e são dois corpos (ou mais) n'um deserto, e os lugares podem ser variados, quem sabe uma penca de bichinhos assistam, Ace Ventura passou por isso, rs.


Daí ele chega e a fuma como cigarro de palha, com cuidado, porque apaga rápido demais apesar de valer a baforada. 
Dentro dos seus vestidos tem um cheiro de flor que chama por amor, chama por um lance noturno, e as mãos escorregam pelo planeta das pernas, das bucetas, dos paus. Ela, louca, quer que ele faça coisas gostosas, quer ser seu pudim, oferecer sua calda, vai e se entrega devagar. 
O cheiro de animalzinho no cio tá nas paredes e amanhã é dia de comprar verduras e frutas, o barulho do chuveiro e das chaves, foi assim tão bom. 
Foi esse roça roça que vai da madrugada ao amanhecer, o tempo ficou friozinho. 
Espelho, ela pensou que agora talvez estivesse diferente, levou as mãos até a parte quente da vagina e sorriu. Ele sentou na beira da cama, calçou os sapatos, parou um minuto, descalçou, e disse: vou ficar até que você queira que eu fique.

5 comentários:

Adriano Padilha disse...

HAHA!

Adorei

Carlos Augusto Matos disse...

Hummmmmmmmmmmmmmm... Tem seus momentos de excitação... Perfeito...

Bjuxxxx

raissa disse...

Sexy

k disse...

adorei isso: 'vou ficar até que você queira que eu fique.'

Hanna Santiago disse...

ahahahahah bem 'Charles Bukowski'


Lascivo
Sujo
mas é sexy [2]

Postar um comentário